3 dicas para você ter sucesso na hora de engajar os seus eleitores

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Possuir um grupo de eleitores fiéis e que acompanham as ideias dos partidos e candidatos, é essencial para se destacar na disputa eleitoral. Quando uma pessoa “veste a camisa” do partido, ela naturalmente divulga as ideais e faz campanha, ajudando na eleição de seu favorito.

É por isso que, assim como acontece com o comércio, que quer fidelizar clientes, os partidos procuram fidelizar os seus eleitores. Para ter sucesso nesse trajeto, é preciso conhecer bem o público-alvo e compreender a sua forma de agir e pensar. Só assim poderá lançar estratégias eficientes e engajar os eleitores.

Veja algumas dicas de como trabalhar com o eleitorado.

Conheça seus eleitores

Antes de criar qualquer estratégia de comunicação com o eleitorado, é preciso conhecê-lo. Quem são as pessoas que apoiam o partido ou determinado candidato?

Claro que conhecer um a um é impossível, mas ter uma ideia da faixa etária, se são homens ou mulheres, se possuem ou não graduação, entre outros, ajudará a identificar melhor o grupo de pessoas que apoia as ideias.

Isso é muito importante para que a comunicação seja realmente efetiva. Afinal, os interesses são diferentes. Jovens de 20 anos estão preocupados com emprego e universidades públicas. Enquanto pessoas de 40 anos já começam a ficar mais atenta à reforma da previdência e crescimento do desemprego, por exemplo.

Assim, saber com quem você vai falar é essencial para determinar o que você vai falar e como vai se pronunciar.

A região em que as pessoas moram também é muito importante. Afinal, as necessidades de quem mora no Rio de Janeiro, em São Paulo ou no Amazonas são completamente diferentes. Você só conseguirá levar assuntos pertinentes aos eleitores se souber esses dados.

Para saber tudo isso, é possível analisar os dados dos associados ao partido, bem como fazer pesquisas, até de porta em porta, dependendo do foco político. Claro que para que isso seja feito da maneira correta, é preciso contar com uma empresa especializada. Afinal, filtrar informações e determinar o público-alvo é mais difícil do que possa parecer.

Procure pelo eleitorado eleitor

Agora que você já sabe onde as pessoas que se identificam com as ideias do partido estão, vá até elas. Visite creches, bairros distantes, municípios, universidades, escolas, entre outros locais que possam trazer visibilidade e interatividade com os eleitores.

Essas visitas mostram que o político está realmente preocupado com a situação da população e quer trabalhar para melhorá-la.

Esteja presente online

O marketing político digital, em um país onde mais de 120 milhões de pessoas têm acesso à internet, é essencial. Por isso, é preciso que tanto o partido, quanto o candidato estejam presentes online.

No site oficial é possível divulgar a história do partido, o que defende, plano de governo, entre outros. Além disso, é necessário estar presente no Instagram, Twitter e Facebook. Essas ferramentas farão sucesso na hora de engajar os seus eleitores e se aproximar deles.

Para isso, é preciso contar com uma boa produção de conteúdo, baseada em temas relevantes para o seu público-alvo.

Estamos preparados para ajudá-lo em todo esse processo. Entre em contato conosco!

Comments

comments

Mais conteúdo