Como serão eleitos os vereadores em 2020?

como-sera-eleito-os-vereadores-em--20200213122517.jpg
como-sera-eleito-os-vereadores-em--20200213122517.jpg

2020 é um ano importante para o Brasil, pois é eleitoral. Neste ano, ocorrem as eleições para vereador.e para vereadores como para prefeito e vice-prefeito. Os vencedores nas eleições de 2020 poderão governar por quatro anos, a contar de 2021.

Nesse período, é muito comum surgirem dúvidas, sobretudo entre aqueles que estão começando a sua vida como eleitores. Pensando nessa e em outras situações, montamos este conteúdo para explicar como serão eleitos os vereadores neste ano. Se também compartilha dessa inquietação, continue a leitura.

Eleições para vereadores 2020

O processo eleitoral para a escolha de vereadores nas eleições de 2020 não mudou. Quer dizer, nem tudo.

Fundo eleitoral

Algumas coisas serão diferentes nessas eleições, por exemplo, o fato de que agora os candidatos a prefeito e a vereador só poderem se utilizar do Fundo Eleitoral para promover a sua campanha é um deles. Neste ano, cerca de R$ 2 bilhões estão previstos para o Fundo Eleitoral e, precisamente, para as eleições de 2020.

Fim das coligações partidárias

Além dessa, a pequena reforma eleitoral ocorrida em 2017 colocou um fim nas coligações partidárias nas eleições para vereadores. Antes de 2017, os votos dos candidatos e legendas eram somados de forma conjunta, de modo que quem ganhava uma cadeira no legislativa era a coligação e não os partidos individualmente.

Hoje, no entanto, os partidos políticos não poderão se coligar em eleições proporcionais, o que significa dizer que eles concorrerão em chapas separadas, sem alianças.

Como será eleito os vereadores em 2020?

A partir do que apontamos, talvez tenha ficado claro a questão sobre como será eleito os vereadores nas eleições de 2020. Com o fim das coligações partidárias, os votos não irão mais para as alianças realizadas, e sim para os partidos que concorrem nas eleições.

Como dissemos, antes os votos dados a todos os partidos de aliança eram levados em consideração no cálculo para a distribuição de vagas. Hoje, segundo Benigno Nunez, que é especialista em Direito Eleitoral, “em 2020, serão eleitas as candidaturas registradas por um partido que tenham obtido votos em número igual ou superior a 10% (dez por cento) do quociente eleitoral. Desta forma, por assim dizer, há um piso que não atingido resultará no não preenchimento de condição para assumir uma vaga na Câmara Municipal.”

Este ano, cada partido poderá lançar até 150% do número de vagas existentes na câmara municipal, vale dizer.

Como vimos, ocorreram algumas alterações no processo eleitoral, afetando assim as eleições de 2020 para vereadores.

Mas agora que tem conhecimento a respeito das principais alterações, as quais, de certo modo, respondem como será eleito os vereadores em 2020, compartilhe este conteúdo com os seus colegas nas redes sociais. É uma forma de fazê-los ficarem por dentro do processo eleitoral e se conscientizem em relação a quem vai escolher para representar os seus interesses no âmbito local, no caso, no legislativo municipal.

Gostou deste conteúdo? Então não deixe de acessar nosso blog para conferir outros. Estamos sempre publicando artigos que podem enriquecer os seus conhecimentos.