Como um sistema CRM pode ajudar na gestão de gabinete?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

A gestão do gabinete parlamentar é uma das atividades mais necessárias, não somente para administrar e manter organizado o gabinete e as ações do político em questão, mas também para otimizar processos internos a fim de facilitar a rotina do mesmo. Essa importância se dá tanto para os períodos de eleição como os do restante do ano.

Em meio a um período de eleição ou reeleição do candidato, o tempo não é vasto para organizar a rotina do gabinete e de todas as obrigações pertinentes a ele. Focar na campanha, nas ações e, principalmente, no relacionamento com o povo, é uma das principais tarefas nessas épocas.

Todavia, sem uma administração e uma organização de documentos, tarefas que devem ser cumpridas, agenda, dados telefônicos, entre outros itens, é impossível tocar uma campanha de forma tranquila. Pensando nisso, implementar um software de CRM é a melhor forma de alcançar essa excelência na gestão do gabinete parlamentar.

O que é CRM?

CRM significa Customer Relationship Management, ou gestão de relacionamento com o cliente. Trata-se de um software, que fornece uma série de ferramentas para que o gabinete consiga traçar estratégias de negócio focadas exclusivamente nos clientes (eleitores), com informações coletadas pela equipe do gabinete.

Dessa forma, todas as demandas, solicitações, obrigações e o próprio relacionamento necessário com os eleitores, podem ser otimizados e unificados em uma só plataforma. Ou seja, tudo o que você precisa saber e fazer, estará em uma tela de smartphone, sendo gerido eletronicamente.

Você pode cadastrar eleitores (incluindo e-mail e telefone), assessores, profissionais de campanha, equipe de gabinete e organizações, criar listas segmentadas de acordo com cada grupo, agendar suas ações, reuniões, entre outras atividades. Tal função é de extrema importância principalmente no período de eleições. Manter esse contato com os eleitores, os aproxima do candidato, gerando cada vez mais empatia, confiança e credibilidade para o mesmo.

Benefícios

Como já descrito, a otimização e o aprimoramento do contato entre o gabinete e atores externos importantes, são alguns dos benefícios possíveis no CRM. Outra grande vantagem em relação à comunicação com eleitores, assessores, equipe do gabinete e organizações parceiras da campanha, está no envio aprimorado de e-mails e de SMS.

Com o software, o envio de e-mails será acompanhado por um consultor, que irá filtrar informações dos seus contatos a fim de enviar mensagens segmentadas e personalizadas, aprimorando assim o envio e o alcance assertivo das mensagens. É quase como um estudo de persona feito pelo marketing digital. Dentre os filtros, podemos destacar:

• profissão;
• data de nascimento;
• local de trabalho;
• bairro;
• tags (observações específicas);
• indicação de voto.

Além disso, os templates também são bastante vastos, possibilitando à equipe do gabinete fazer mensagens ainda mais personalizadas. O feedback também é possível para aprimorar as estratégias da equipe, uma vez que o CRM fornece informações sobre quem recebeu, abriu e/ou clicou nas mensagens enviadas.

Dessa forma, um outro benefício decorrente dessa funcionalidade é o de divulgação durante a campanha. Comunicar as ações do político é fundamental para que seus eleitores saibam o que ele está fazendo pela população. Marketing político é essencial. Através do e-mail, você envia de forma personalizadas (podendo adaptar as informações a cada tipo de público com o qual você se relaciona) todos os comunicados necessários e recebe feedbacks dos mesmos!

Clique aqui e conheça mais sobre esse sistema de gestão eleitoral. Aproveite para ler mais conteúdos em nosso blog: https://www.elegis.com.br/blog/.

Comments

comments

Mais conteúdo