Saiba como escolher o partido político ideal em 5 passos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

De acordo com a legislação eleitoral brasileira, um político não pode se candidatar a cargos eletivos se não estiver devidamente filiado a algum partido. Porém, em um país como o Brasil, com 33 partidos políticos, escolher a legenda ideal pode ser uma tarefa difícil.

Neste texto, vamos ensinar como escolher o partido ideal em 5 passos. Confira!

Escolha de acordo com suas opiniões políticas e pessoais

O primeiro fator a se levar em conta na hora de escolher um partido político para se filiar é encontrar uma agremiação que esteja de acordo com suas opiniões e predileções pessoais e políticas.

Não importa se você é de esquerda ou direita, liberal ou conservador, coletivista ou individualista: na gama partidária brasileira, há uma legenda para você.

Para isso, procure os estatutos de alguns partidos com os quais você mais se identifica e leia com atenção os artigos relativos aos objetivos, práticas e opiniões do partido. Há legendas mais radicais, moderadas, ou legendas que aceitam quase qualquer tipo de político.

Decida se você busca ser situação ou oposição

Além de levar em conta opiniões pessoais, é preciso avaliar se o seu comportamento político está mais alinhado à oposição ou à situação do Governo vigente. É possível trocar de partido no futuro, por isso, o político não estará para sempre preso à mesma legenda.

Este posicionamento é importante por duas razões: quem está na situação pode se aproveitar dos mandatos aliados para obter cargos comissionados em pastas estratégicas para a administração pública.

Por outro lado, quem se posiciona ao lado da oposição, especialmente em um Governo impopular, pode se projetar de maneira bem-sucedida para uma eventual próxima eleição. Por isso, coloque todos estes fatores na balança.

Para projetar a campanha ainda melhor, é preciso ter planejamento estratégico eleitoral. Com o sistema Elegis, os políticos têm uma plataforma completa para administrar campanhas e mandatos, compreendendo desde aspectos logísticos, legais a até mesmo a geolocalização de eleitores-chave.

Esteja ao lado dos políticos que você mais apoia ou concorda

Todo partido possui grandes líderes. Em alguns, estes líderes são considerados verdadeiros ídolos por seus seguidores. Em outros, a figura de liderança tem mais a ver com a capacidade política de administrar campanhas ou a competência para atuar na gestão administrativa ou partidária.

Independente do perfil ao qual você se alinha, é importante estar ao lado do partido, cujos líderes você confia e concorda. Isso ajuda na criação de uma boa rede de contatos que será útil no futuro, bem como na segurança de ser liderado por pessoas na qual se acredita.

O tamanho do partido importa muito

Antes de se filiar, é importante verificar o tamanho da legenda na qual se tem interesse. Os principais motivos para isso são dois:

– Partidos fortes podem eleger políticos com a força da marca, da sigla ou do número;
– Partidos maiores recebem mais dinheiro do fundo partidário.

Por outro lado, não se esqueça de que em um partido grande, com mais filiados, a briga para se candidatar nas convenções regionais, estaduais e federais é muito maior. Leve isso em conta.

A briga por recursos também é mais acirrada. Por isso que o dinheiro usado em sua campanha ou mandato deve ser gasto com sabedoria, eficiência e dentro da lei. O sistema Elegis ajuda na prestação de contas à Justiça Eleitoral e à direção do partido.

Estrutura partidária local

Esse é um motivo mais prático: escolha um partido de acordo com a estrutura partidária disponível em sua região. Em muitas cidades, especialmente no interior, partidos menores não possuem sequer um imóvel para realizar reuniões.

A ausência de líderes regionais na sociedade civil também pode dificultar o contato de um partido com o seu eleitorado, como por exemplo:

– Líderes religiosos;
– Educadores;
– Sindicalistas;
– Entre outros.

Por isso, antes de escolher a sua legenda, conheça mais sobre a atuação local da agremiação.

Para saber mais sobre campanhas políticas e outros temas relacionados, leia outros artigos em nosso blog!

Comments

comments

Mais conteúdo